sexta-feira, 21 de novembro de 2014

“Alguém dissera um dia que se podia viver sem tudo, menos água e comida, mas que viver sem livros e sem música não seria o mesmo que viver.”
Miguel Sousa Tavares, Madrugada Suja


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

DIA INTERNACIONAL DAS BE
 
No dia 27 de outubro estivemos com o escritor Pedro Seromenho, na EB Dr. Ruy d'Andrade, no Entroncamento.
 
O escritor falou aos alunos sobre o seu último livro As gravatas do meu pai.
 
Trata-se da história de um menino que tinha pressa de crescer. Ele achava que, se usasse uma das gravatas do seu pai, se tornaria num senhor alto e importante! Por isso resolveu experimentá-las uma a uma, fossem estas felizes, preguiçosas, apaixonadas, aventureiras, ou despistadas. Mas nenhuma condizia com aquilo que sentia.
 
 


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

CARTAZ MÊS INTERNACIONAL 
DAS 
BIBLIOTECAS ESCOLARES


Agrupamento de Escolas D. Sancho I - Pontével
CARTAZ MÊS INTERNACIONAL 
DAS
BIBLIOTECAS ESCOLARES


Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento

sábado, 11 de outubro de 2014

CARTAZ MÊS INTERNACIONAL 
DAS 
BIBLIOTECAS ESCOLARES

Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano_Santarém

CARTAZ MÊS INTERNACIONAL
 DAS 
BIBLIOTECAS ESCOLARES

AE Marcelino Mesquita_Cartaxo



CARTAZ DO MÊS INTERNACIONAL 
DAS 
BIBLIOTECAS ESCOLARES


AE Sá da Bandeira - Santarém

terça-feira, 7 de outubro de 2014

CARTAZ DO MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves
CARTAZ MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Escola Secundária de Benavente

domingo, 5 de outubro de 2014




Aprendi que Amores eternos podem acabar em uma noite.
Que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos.
Que o amor sozinho não tem a força que imaginei.
Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno,
Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos.
Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram.
Que o "nunca mais" nunca se cumpre, que o "para sempre" sempre acaba. Que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso.
Que ainda não inventaram  nada melhor do que colo de Mãe desde que o mundo é mundo.
Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo.
Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido TUDO.”
Estamos aqui de passagem..."


William Shakespeare
CARTAZ MÊS INTERNACIONAL 
DAS
 BIBLIOTECAS ESCOLARES

AE D. Afonso Henriques_ Santarém
DIA MUNDIAL DO PROFESSOR - 5 de outubro



BOLETIM SANTILLANA_OUTUBRO 2014

                                           Imagem de Fernando Pena

Santillana Boletim de outubro,  já  disponível em: 
 http://formacao.santillana.pt/?q=N/-/183

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES


Cartaz da ES da Marquesa da Alorna, de Almeirim
MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES


Cartaz das Bibliotecas Escolares da EB S. Domingos e ES Dr. Ginestal Machado, de Santarém.
MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES


Outubro é o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Em todo o mundo, este período é aproveitado para reforçar a visibilidade das bibliotecas escolares e a consciencialização acerca do seu valor nas aprendizagens.
A International Association of School Librarianship (IASL) propõe, como anualmente acontece, um tema aglutinador — A tua biblioteca escolar: um mapa de ideias (tradução adotada pela RBE) — e um conjunto de projetos nos quais as bibliotecas podem participar: Skype Project, Bookmark Project  e What people are doing for ISLM 2014.
Para 2014, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 27 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar. Sendo todo o mês de outubro amplamente celebrado pelas bibliotecas escolares, a RBE decidiu, este ano, dar maior publicidade às múltiplas iniciativas que serão levadas a cabo e premiar as três que considerar mais apelativas.
Pretende-se distinguir atividades que promovam a visibilidade da biblioteca escolar de uma forma atraente, simples e criativa, qualquer que seja o público-alvo: alunos, professores, pais, comunidade educativa em geral e/ou parceiros.
Se, enquanto professor bibliotecário, considera que a sua biblioteca tem iniciativas interessantes para assinalar o Mês das Bibliotecas Escolares, selecione a mais significativa e ilustrativa e insira-a na página de atividades do portal RBE. Pode fazê-lo até ao dia 31 de outubro, não se esquecendo de anexar fotos e outros materiais que documentem a atividade.
Ao longo do mês, a RBE irá destacar algumas dessas ações e, no final, atribuirá um tablet e algumas publicações impressas às três bibliotecas escolares que revelem maior potencial de comunicação e de envolvimento dos destinatários.
O blogue RBE continuará a divulgar cartazes, marcadores e outros materiais gráficos alusivos ao Mês/ Dia da Biblioteca Escolar, os quais deverão ser enviados para blogrbe@mail-rbe.org.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

 ... de José Gomes Ferreira
 
"Devia morrer-se de outra maneira.
Transformarmo-nos em fumo, por exemplo.
Ou em nuvens.
Quando nos sentíssemos cansados, fartos do mesmo sol
a fingir de novo todas as manhãs, convocaríamos
os amigos mais íntimos com um cartão de convite
para o ritual do Grande Desfazer: «Fulano de tal
comunica a V. Ex.ª que vai transformar-se em nuvem
hoje às 9 horas. Traje de passeio».
E então, solenemen...te, com passos de reter tempo,
fatos escuros, olhos de lua de cerimónia, viríamos
todos assistir à despedida.
Apertos de mão quentes. Ternura de calafrio.
«Adeus! Adeus!»
E, pouco a pouco, devagarinho, sem sofrimento,
numa lassidão de arrancar raízes... (primeiro, os olhos...
em seguida, os lábios... depois, os cabelos...) a carne,
em vez de apodrecer, começaria a transfigurar-se
em fumo... tão leve... tão subtil... tão pólen...
como aquela nuvem além (vêem?) - nesta tarde de outono
ainda tocada por um vento de lábios azuis..."
Candidatura ao projeto aLeR+
 

 
Aviso de abertura – escolas da rede pública
Apresentação
O projeto aLeR+ é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura desenvolvido em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares que, nos últimos cinco anos, criou uma rede com cerca 100 escolas/ agrupamentos aLeR+ dispostos a desenvolverem uma cultura integral de leitura. Os resultados positivos evidenciados no balanço do trabalho realizado pelas escolas durante este período e a forma decisiva como a leitura está associada à melhoria do sucesso escolar, contribuiu para o relançamento de uma 2ª Fase que terá o seu início no próximo ano letivo 2014-15.
Considera-se, agora, que será do interesse geral que todas as escolas/ agrupamento possam integrar o projeto e a rede de escolas aLeR+, de modo a que todas possam dar o seu contributo para a promoção dos hábitos de leitura e da melhoria dos níveis de literacia das suas comunidades, desenvolvendo uma cultura de leitura.
O projeto aLeR+ apresenta agora o formato de uma candidatura a que todas as escolas ainda não integradas na rede aLeR+ poderão concorrer, apresentando um projeto para o biénio 2014-2016.
Está ao alcance de todos ser escola/ agrupamento aLeR+.
Objetivos
a) Estimular as escolas a colocarem a leitura e o prazer de ler no centro do seu projeto educativo;
b) Motivar a Integração da leitura como transversal a todas as áreas curriculares;
c) Promover o envolvimento dos encarregados de educação na leitura em família;
d) Aproveitar as redes de leitura já existentes no terreno e outros recursos disponíveis para a promoção da leitura junto da(s) comunidade(s) em que cada escola/ agrupamento se inserem.
Condições de candidatura
a) Cabe às direções dos agrupamentos de escolas a apresentação da candidatura, preenchendo, para o efeito, o formulário disponível em WWW: ;
b) Os agrupamentos de escolas que já integram a rede aLeR+ não poderão ser opositores a esta candidatura.
Prazo
O processo de candidatura decorre de julho a 19 de setembro de 2014.
Critérios de seleção
a) Os projetos apresentados a esta candidatura serão objeto de análise e seleção por parte de um Júri Nacional.
b) O Júri selecionará os projetos que melhor se enquadrem nos objetivos e nas orientações do projeto.
c) O projeto deverá ter caráter original, não podendo ser aceite caso replique ou reproduza projetos já existentes.
d) A afetação de recursos ao projeto terá que ser pensada numa lógica de suporte às ações a desenvolver no seu âmbito.
e) Na seleção dos projetos apresentados, será tida em conta a qualidade geral do projeto proposto em termos da articulação, coerência e adequação entre as orientações e os objetivos gerais aqui definidos e as iniciativas e atividades previstas no projeto de escola/ agrupamento.
f) Os projetos selecionados terão apoio financeiro no âmbito do seu desenvolvimento.
Resultado da candidatura
A lista de escolas selecionadas será divulgada nos sítios da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura.

 
Candidatura ao projeto Ler+ Jovem
 
o Projeto Ler+ Jovem foi lançado há dois anos, tendo merecido a adesão de muitos agrupamentos e escolas que decidiram motivar os seus jovens para lerem mais e melhor, envolvendo-os também num trabalho de promoção e de dinamização de atividades de leitura dentro dos seus agrupamentos e junto dos adultos das suas comunidades.
Damos agora início à 3ª edição deste Projeto, pelo que o Plano Nacional de Leitura em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares e com o apoio do Instituto de Educação da Universidade do Minho (U.M.) lançam, mais uma vez, às escolas o desafio para encontrarem estratégias capazes de (re)aproximarem da leitura os jovens do ensino secundário e de ajudarem o público adulto a (re)descobrir o prazer de ler.
 
O Projeto Ler+jovem, que se desenvolverá ao longo dos próximos dois anos, dirige-se a todas as escolas ou agrupamentos que não integraram já a 1ª ou a 2ª edições do Projeto. Pretende-se que os professores orientem os jovens na busca e seleção de textos vários que sejam do seu agrado, que os apoiem na sua compreensão e que os ajudem a organizar pequenas equipas de alunos que apresentem esses mesmos textos à sua comunidade, partilhando e discutindo leituras. Estas equipas de professores e de alunos poderão, assim, viver novas experiências partilhadas de leitura ao mesmo tempo que, com a orientação dos investigadores da U.M., contribuem para identificar hábitos e gostos dos jovens na área da leitura.
 
O desenho do projeto de escola deve, no caso desta candidatura, seguir os objetivos e as orientações contidos no documento: Projeto Ler+jovem |3ª Edição.
 
A candidatura ao Projeto deverá ser apresentada em formulário disponibilizado no SIPNL, até 8 de outubro. Note-se, que a proposta a apresentar por cada agrupamento de escolas/escola não agrupada deverá considerar apenas cinco turmas de 10º ano.
E, um novo ciclo se inicia. Que seja surpreendente!

 


segunda-feira, 4 de agosto de 2014


                           15 curtas metragens para promoverem valores


 A imagem ilustra "A flor maior do mundo", uma das curtas metragens propostas, inspirada numa história de José Saramago.

Com estas curtas metragens, os alunos podem refletir sobre a amizade, a solidariedade, o trabalho em equipa, o respeito pelas pessoas... 


domingo, 3 de agosto de 2014

                       Festival literário Escritaria homenageia este ano Lídia Jorge




«A edição deste ano do Festival Literário Escritaria, em Penafiel, que se realiza em Outubro, vai homenagear a escritora Lídia Jorge, avançou à Lusa o presidente da câmara. "Ao longo de cinco dias, Penafiel vai ser a cidade de Lídia Jorge. É aqui que vai estar toda a sua vida e obra presentes", afirmou Antonino Sousa.

O autarca explicou que o festival literário vai manter o figurino de anos anteriores, "prestando tributo à vida e obra de escritores de língua portuguesa". Lídia Jorge sucede ao escritor Mário de Carvalho, que foi homenageado na edição de 2013.» Ler no Público.

«Teatro, arte de rua, momentos musicais, conferências e apresentação de livros são alguns momentos que constarão da programação, envolvendo toda a cidade, de 1 a 5 de outubro.» Ler no Diário Digital.

«Antonino Sousa recordou que Lídia Jorge tem "mais de 30 anos de escrita e uma vasta obra publicada em mais de 20 línguas, com imensas distinções em Portugal e no estrangeiro".» Ler na RTP.


First Day of My Life


   
                                    
                                                 IFLA



International Federation of Library Associations and Institutions  (IFLA) é o maior organismo internacional representante dos interesses das bibliotecas e serviços de informação e dos seus profissionais e utilizadores, contando atualmente com cerca de 1.500 membros espalhados por 150 países.
Entre os principais objetivos da IFLA contam-se a promoção de padrões de fornecimento e prestação de serviços de biblioteca e informação de elevada qualidade e o incremento de uma ampla compreensão sobre o valor de bons serviços de informação e biblioteca.
Na prossecução dos seus objetivos, a IFLA acolhe alguns valores fundamentais:
  • A defesa dos princípios da liberdade de acesso à informação, ideias e realizações humanas e da liberdade de expressão, consagrados no Art. 19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem;
  • A crença de que as pessoas, comunidades e organizações devem ter acesso universal e equitativo à informação, ideias e realizações humanas para o seu bem-estar social, educacional, cultural, democrático e económico;
  • A convicção de que a prestação de serviços de biblioteca e informação de alta qualidade ajuda a garantir este acesso;
  • O compromisso de que todos os seus membros possam participar e beneficiar das suas atividades, independentemente de cidadania, deficiência, origem étnica, género, localização geográfica, língua, filosofia política, raça ou religião.
A IFLA organiza, desde 1928, uma conferência anual em que milhares de delegados se reúnem para trocar experiências, debater questões profissionais e conhecer os mais recentes produtos e serviços do sector.
Rede de Bibliotecas Escolares tem estado presente, desde 1998, em algumas destas conferências, onde participou, por exemplo, nos trabalhos de preparação do Manifesto da Biblioteca Escolar, publicado pela IFLA/UNESCO em 2000 e traduzido para português pela RBE.
As Diretrizes da IFLA/UNESCO para bibliotecas escolares, publicadas em 2002, foram também posteriormente traduzidas por um elemento da RBE.
Em 2012, no Encontro Satélite da Conferência IFLA, foi apresentada, pela primeira vez, uma comunicação, que deu origem ao artigo adaptado: Martins, J. T. & Martins, R. M. (2012). Portuguese School Libraries Evaluation Model: an Analysis of Primary Schools’ results for the ‘Reading and Literacy’ Domain, The Australian Library Journal, 61: 4, 265-280, DOI: 10.1080/00049670.2012.10739060.
Em 2014, as bibliotecas escolares estarão, mais uma vez, presentes na Conferência IFLA (80th World Library and Information Congress), que se realiza em Lyon (França), entre 16 e 22 de agosto, através de uma comunicação apresentada pela Escola Portuguesa de Moçambique- Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP) sobre o Projeto de cooperação no âmbito das bibliotecas escolares naquele país, intitulada: School libraries in Mozambique.

Boas férias, boas leituras!


 A infância ....

"A infância é ver o mundo como algo que não está acabado. 
Aquele adulto que não se surpreende com nada, 
sinto dizer, mas está morto."

Mia Couto




                                      Dancing Queen


                          

 A Casa do João


O livro de João Manuel Ribeiro, ilustrado por João Vaz de Carvalho, foi recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 1º Ano – Leitura Orientada.
    10 Cidades - Lugares para visitar com livros debaixo do braço


Leia as propostas de Filipa Melo, na LER de julho de 2008, clicando na imagem

Naguib Mahfouz convida-nos a conhecer o Cairo, como se estivéssemos a «encontrar o amor na velhice»; V.S. Naipaul abre-nos a porta de Mumbai, Orhan Pamuk percorre as duas margens de Istambul; Armistead Maupin conta-nos histórias (estas e tantas outras) de São Francisco; Peter Carey segue o vento secreto de Sydney; Paul Bowles deixou-nos memórias de Tânger; Donna Leon não larga Veneza e Ho Chi Mihn, no Vietname, ganhou novo fôlego através dos romances de Marguerite Duras. Todas as cidades deviam ser descobertas assim – com livros a servir de guias.

TEXTOS DE FILIPA MELO  (Revista LER)

sábado, 2 de agosto de 2014


                                 Agora que o silêncio ...





Agora que o silêncio é um mar sem ondas, 
E que nele posso navegar sem rumo, 
Não respondas 
Às urgentes perguntas 
Que te fiz. 
Deixa-me ser feliz 
Assim, 
Já tão longe de ti como de mim. 

[Miguel Torga]
                                   
                              Todos Juntos Podemos Ler  
(Lista de Escolas apoiadas)   


     Aviso de abertura
[2014.05.12]


Lista de candidaturas ordenadas por DSR
[2014.06.19]                               


Escolas apoiadas
[2014.08.01]


Veja também: Todos juntos podemos ler

segunda-feira, 19 de maio de 2014


Internet Segura | Manifesto Jovem


Está a decorrer uma auscultação aos jovens de toda a Europa sobre o futuro da Internet, questionando-os sobre quais devem ser os seus direitos e oportunidades digitais:

1. Qual seria a única coisa que mudarias para fazer uma Internet melhor?

2. A Internet tem 25 anos de idade. Como pensas que vai parecer a Internet daqui a 25 anos? O que devia garantir?

Na página do website Youth Manifesto dedicada a Portugal, os jovens portugueses têm a possibilidade de também se fazerem ouvir sobre estas questões, postando as suas ideias, debatendo a sua visão e votando nas propostas que considerem mais importantes.

O assunto pode ser discutido previamente na escola com colegas e professores, colocando no website os resultados dessa discussão. Solicita-se, deste modo, às escolas e bibliotecas escolares para que envolvam os alunos nesta iniciativa, conduzida em Portugal pelo Centro Internet Segura, de que a Rede de Bibliotecas Escolares é parceira.

Numa segunda fase, os jovens que tiveram ideias mais votadas, serão convidados para irem a Bruxelas em Novembro de 2014 ao Safer Internet Fórum, para as apresentarem aos decisores políticos e às pessoas da indústria.

Ver também: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/1242.html
 
Todos Juntos Podemos Ler



Aviso de abertura

[2014.05.12]

• Todos juntos podemos ler

• Formulário

Ver também: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/1245.html



European Media & Information Literacy Forum 2014

 

A Rede de Bibliotecas Escolares vai participar no European Media & Information Literacy Forum 2014, que se vai realizar em Paris, na sede da UNESCO, a 27 e 28 de maio.
O encontro marca o encerramento das actividades do European Media Literacy Education Study (EMEDUS), que é suportado por um consórcio de instituições de sete países, incluindo Portugal. O EMEDUS foi criado para analisar a situação da Educação para os Media no conjunto da União Europeia, sob três pontos de vista:
- educação formal;
 - educação não formal e informal;
 - minorias e grupos socialmente desfavorecidos.
Foi-lhe também atribuída a responsabilidade de produzir recomendações sobre a Educação para os Media, para os próximos anos, pelo que se espera que o Forum de Paris marque o início de uma nova etapa europeia neste domínio.
 Várias instituições nacionais e internacionais ligadas à Educação paras os Media foram convidadas a participar no Forum de Paris, entre as quais o Grupo Informal sobre Literacia Mediática, que a RBE integra.
Numa parceria com a Universidade do Minho e o Gabinete para os Meios de Comunicação Social (GMCS), a RBE solicitou recentemente a colaboração de cerca de meia centena de escolas secundárias de todo o país, para participarem num Estudo Piloto sobre os Níveis de Literacia Mediática dirigido a alunos de 12º ano. Os resultados do estudo serão apresentados, em primeira instância, neste European Media Literacy Forum de Paris.


quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

SEMANA DA LEITURA - 2014
 


Entre 17 e 21 de março de 2014, realiza-se a 8ª edição da Semana da Leitura, centrada no tema Língua Portuguesa, que celebra os 800 anos do conhecimento dos seus textos mais antigos.
Nesta semana, sugere-se às escolas que participem no Concurso Ler é uma Festa! e cruzem as iniciativas ligadas à escrita, à leitura e à fala em língua Portuguesa com outros projetos,  mobilizando diversos saberes na abordagem de temáticas transversais: Ciência, Comunicação, Arte, Cultura, Globalização, Saúde...
Neste sentido, convidam-se as escolas, ao longo do mês de março, a aliarem a Semana da Leitura ao Programa SOBE e às comemorações do Dia Mundial da Saúde Oral, bem como a outras efemérides: Dia Mundial do Teatro, Dia Mundial da Poesia, ...
Junta-te à festa. Festeja a leitura e a língua Portuguesa!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014


ESCRITORA JK ROWLING


ESCRITORA JK ROWLING

 Mais um romance com pseudónimo Robert Galbraith


 

Haverá menos 23 mil alunos nas escolas primárias no ano lectivo de 2017/2018...
 
 
Haverá menos 23 mil alunos nas escolas primárias no ano lectivo de 2017/2018
 A zona de Lisboa e Vale do Tejo é a mais atingida pela demografia, já que terá menos 1.942 novos alunos a entrar para o ensino, seguindo-se o norte, que deverá sofrer uma redução de 1.407 estudantes no 1.º ano

Videojogos ajudam a melhorar a vista
 
A neurocientista Daphne Bavelier defende esta teoria há mais de 10 ano
Ao contrário do que se pensava, os videojogos podem ser benéficos para a vista. A conclusão é de uma neurocientista das Universidades de Rochester, nos Estados Unidos e Genebra, na Suíça.
No encontro nacional da Associação Americana para o Avanço da Ciência, Daphne Bavelier defendeu esta teoria, dizendo ainda que os jogos “violentos” são os melhores para a visão.
Isto explica-se pelo facto de o jogador ter de atingir alvos que se movem, o que desenvolve a sua capacidade visual.
Há mais de 10 anos que Daphne Bavelier publica estudos que defendem que a acuidade visual aumenta nos jovens jogadores.
 
 
 



Cuba disponibiliza documentos de Ernest Hemingway à Biblioteca John F.Kennedy...
 
 
 Ermest Hemingway suicidou-se em julho de 1961, em Ketchum, no Estado norte-americano do Idaho, quando contava 61 anos.
 As autoridades cubanas digitalizaram dois mil documentos do escritor norte-americano Ernest Hemingway, que passam a estar disponíveis aos investigadores, através da Biblioteca e Museu Presidenciais John F. Kennedy, em Boston.
 Entre os documentos agora disponibilizados, e que irão integrar a Coleção Ernest Hemingway - http://www.jfklibrary.org/Research/The-Ernest-Hemingway-Collection.aspx -, encontra-se o telegrama em que a Academia Sueca comunicou ao escritor ter ganhado o Nobel de Literatura.
 Continuar a ler: http://goo.gl/AP8NFy
 
 

 

1 ª edição do Concurso “Vamos ilustrar um livro!"
1 ª edição do Concurso “Vamos ilustrar um livro!"
 Destinatários: Crianças dos jardins de infância da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
 Lançada a 1ª edição do Concurso “Vamos Ilustrar um Livro” dirigido a crianças da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos que frequentem Jardins de Infância (JI) ou estabelecimentos equiparados, públicos ou privados e que visa entre outros objetivos contribuir para o intercâmbio cultural entre crianças dos diversos estados membros da Comunidade. Para participar é necessário proceder à inscrição do estabelecimento de ensino em www.eudactica.com, até 28 de Fevereiro de 2014. Logo após, será enviado para o coordenador de projecto ao nível de JI o texto original do livro "Nos Braços da Amizade” que deverá ser ilustrado pelos alunos concorrentes.
 Pretende-se que, com base nos textos que compõem a obra, os pequenos ilustradores produzam trabalhos inéditos de desenho e pintura em cartolina. Os trabalhos vencedores integrarão as ilustrações do conto que será publicado pela EUDACTICA no decorrer de 2014… e claro, também haverá mais prémios para os vencedores! Consulte o Regulamento e saiba mais em: www.eudactica.com.
 


SEMANA DA LEITURA
 

Entre 17 e 21 de março de 2014, realiza-se a 8ª edição da Semana da Leitura, centrada no tema Língua Portuguesa, que celebra os 800 anos do conhecimento dos seus textos mais antigos.
Nesta semana, sugere-se às escolas que participem no Concurso Ler é uma Festa! e cruzem as iniciativas ligadas à escrita, à leitura e à fala em língua Portuguesa com outros projetos,  mobilizando diversos saberes na abordagem de temáticas transversais: Ciência, Comunicação, Arte, Cultura, Globalização, Saúde...
Neste sentido, convidam-se as escolas, ao longo do mês de março, a aliarem a Semana da Leitura ao Programa SOBE e às comemorações do Dia Mundial da Saúde Oral, bem como a outras efemérides: Dia Mundial do Teatro, Dia Mundial da Poesia, ...
Junta-te à festa. Festeja a leitura e a língua Portuguesa!